[REVIEW] Saint Seiya Omega: O Cavaleiro da casa de Touro [Ep.30]

Faaaaaaaaaaaaaaala povo lindo do meu brasilzão, hoje é dia de mais uma review de Saint Seiya Omega, avisando: Este tópico contem spoilers, em caso de suspeita de dengue consulte um médico ou um farmacêutico, leia a bula!

Poder assustador! O cavaleiro da casa de touro.

“Quando a terra está sendo invadida por um deus maligno, sempre aparecem os guerreiros  dispostos a protegê-la, os cavaleiros! Agora, a nova lenda dos jovens cavaleiros está para começar!”.

No ultimo episódio tivemos o início entre a luta de Kouga de pégaso e Harbinger de touro, este por sua vez lançou seu poderoso Great Horn contra pégaso que cai praticamente morto.  Nesse momento chegam a casa de touro os outros cavaleiros de bronze, ainda restam 11 horas e 23 minutos para que a terra fique coberta pela escuridão! Harbinger, o cavaleiro de touro, mostra-se satisfeito pelo trabalho que acabou de fazer, ou seja, está feliz por ter “quebrado” o cavaleiro de pégaso por completo e por ter a chance de repetir esse fato mais uma vez, ou melhor, mais quatro vezes! hehe

Por sua vez, Yuna demonstra estar preocupada e ao mesmo tempo com um sentimento de tristeza pela “morte” de Kouga, mas ao mesmo tempo ela e seus amigos se mostravam determinados a enfrentar o cavaleiro por todo o esforço que Kouga havia depositado naquela batalha! Harbinger não estava se importando com a presença dos jovens cavaleiros na sua casa, afinal, “são meros cavaleiros de bronze”. Enfim, ele decide começar a “brincadeira” quando os cavaleiros de bronze partem com tudo para cima do cavaleiro de ouro, mas Harbinger não faz nenhum esforço para evitar seus golpes.

Souma de Lionet é o primeiro ao se atirar com tudo para cima de Harbinger, tentado desferir um soco, mas não chega nem a tocar o cavaleiro de ouro. Então, Harbinger começa a mostrar todo o seu lado cruel escolhendo qual parte do corpo de cada cavaleiro irá quebrar. – “você será os ossos do metacarpo”. Haruto de lobo surge por detrás de Harbinger e tenta ataca-lo, este também sem efeito algum, o cavaleiro de ouro sorri e ao analisar bem o que faria com o cavaleiro de lobo diz com a maior naturalidade – “Três ou seis costelas suas”. Yuna tenta acertar um de seus chutes, mas o cavaleiro de touro a segura pelas pernas como se fosse um brinquedo, sem ao menos fazer algum esforço – “Você será a clavícula”.“Solte a Yuna!” – grita Ryuhou de Dragão, que tenta atacar Harbinger para salvar sua amiga, Harbinger salta e ao observar o pequeno dragão – “O quarto será o seu maxilar inferior”.

Souma e Yuna voltam a atacar Harbinger, mas dessa vez Souma usa seu “Lionet Bomber” e Yuna seu “Divine Tornado”, Touro defende o golpe sem problemas deixando os cavaleiros preocupados com tamanho poder de um cavaleiro de ouro – “Muito fraco” – é a única coisa que Harbinger tem a dizer sobre os ataques. O cavaleiro dourado decide que é hora de agir, pois já havia definido seus alvos a serem quebrados em cada cavaleiro de bronze – “Você é o primeiro!” – o cavaleiro de touro levanta Souma e quebra os ossos de seu metacarpo.

O cavaleiro de ouro com uma velocidade incrível aparece diante de Yuna, que não tinha nem como reagir e com apenas um dedo quebra a clavícula da Amazona.

Haruto e Ryuhou atacam Harbinger ao mesmo tempo, bom, eles economizaram o tempo do cavaleiro de touro que com um único golpe atinge o maxilar do Dragão e as costelas do cavaleiro de lobo.

Fracos, muito fracos! Estou desapontado. A força de seus ossos é o reflexo da força de seus corações.” Diz touro, que completa seu discurso revelando a sua filosofia de vida – “O novo mundo que o mestre marte criará será um mundo onde os fortes de coração dominarão!”. Os cavaleiros de bronze parecem não se importarem com as palavras do cavaleiro, e começam a buscar forças para se levantar, mas Harbinger decide acabar de vez com o que resta de determinação nos cavaleiros de bronze com o seu poderoso “Great Horn!” Os cavaleiros são atigidos em cheio pelo golpe, mas não se dão por vencidos e levantam-se mais uma vez!

Enquanto isso, Eden ainda se encontra sozinho ao topo das 12 casas pronto para cortar seus pulsos ao som de fresno se lamentando pela morte de Aria. Ainda não se sabe qual papel Eden tomará nessa batalha, pois ainda não decidiu o que fazer depois desse trágico acontecimento.

De volta a casa de touro, os cavaleiros resolvem usar a cabeça e pensar em uma estratégia para vencer a batalha! Os cavaleiros se põem em volta do cavaleiro de ouro, assim ele não conseguiria bloquear todos os golpes ao mesmo tempo, bom, pelo menos na teoria. Mas não estamos falando de um simples cavaleiro, e sim de um cavaleiro de ouro! – “Então isso é tudo?” – Harbinger decide usar um golpe mais poderoso que os outros o poderoso “Greatest Horn!”, e mais uma vez os cavaleiros são facilmente derrotados.

Harbinger decide contar um pouco de sua história para os cavaleiros, para mostrar de onde vem tanto poder. Harbinger quando mais novo vivia em um lugar muito perigoso, onde tinha que roubar para sobreviver. Mas certo dia, ao ser atacado por vândalos acabou ficando entre a vida e a morte, mas nesse momento, ele acabou despertando um poder fora do comum que o fez quebrar o braço de seu agressor – “Eu achei aquele som o mais belo que tudo que já avia escutado.”, e a partir desse fatídico dia, começou a lutar apenas para ouvir esse som, o som de ossos quebrando. Mas o desejo por este som acabou aumentando e certa vez ele ouviu um som mais belo, que só ele podia ouvir… O som do coração de suas vitimas quebrando. Em meio a suas batalhas ele ouviu falar sobre os cavaleiros, eles eram poderosos, mas quando seus corações se quebravam ecoava a melhor melodia de todas.

Foi aí que a vida de Harbinger mudou completamente, ele conheceu um homem misterioso, esse homem era Ionia de Capricórnio um dos 12 cavaleiros de ouro. Ionia o levou até o deus da guerra, Marte. Harbinger ao se encontrar com Marte notou algo de diferente naquele homem, ele tinha uma força incrível e teve certeza que não teria a menor chance de quebrar o coração ou os ossos daquele homem – “O Poder é tudo!” – foi assim que Harbinger se juntou ao Marte, quando o deus maligno fez uma proposta tentadora ao jovem rapaz, ele poderia quebrar os corações de qualquer pessoa caso Harbinger jurasse lealdade a ele.

Após contar um pouco de sua história, o cavaleiro de ouro pergunta se os cavaleiros de bronze desistiram ou se eles são capazes de quebrar alguns de seus ossos. A determinação dos jovens resurge e eles se põem em pé mais uma vez, Yuna explica porque eles lutam e que o único objetivo deles é salvar o mundo para as pessoas que eles amam possam viver em paz. Que essa é a razão pelo qual eles lutam e não devem desistir! Mais uma vez eles tentam atacar o cavaleiro de ouro que contra-ataca com seu “Greatest Horn”, os cavaleiros de bronze caem mais uma vez derrotados e o golpe acabou levantando uma grande quantidade de poeira (só pra manter aquele suspense XD) um vulto surge dentre essa poeira, e quem é? Ninguém mais, ninguém menos que Kouga! –“Você também… não se quebrou?”.

Temos que seguir em frente… Nós não podemos perder aqui, muitas pessoas se foram diante de mim. Escaparam pelas minhas mãos! Esperanças e promessas insubstituíveis… mas, temos que seguir em frente! Eu… nós… temos que seguir em frente, não importa o que perdemos! Seguir… em frente!” – Esse é o momento pelo qual eu tanto esperei! O momento pelo qual eu acharia Kouga digno de vestir a armadura de Pégaso, vi nele aquela determinação que sempre esteve presente no Seiya na série clássica e em Tenma no Lost Canva. Kouga explode todo seu cosmo, um cosmo gigantesco podendo ser visto pelas demais casas do zodíaco.

Harbinger ri pela demonstração de poder do cavaleiro, e começam a lutar novamente, mas dessa vez Kouga consegue esquivar dos ataques de Harbinger e o contra-ataca com seu “Pegasus Senkouken!”, mas o cavaleiro de ouro detém o ataque – “Pégasos… É um oponente que vale a pena quebrar os ossos!” – ao dizer isso, o cavaleiro toma a posição para atacar mais uma vez. De um lado Harbinger e seu Greatest Horn e do outro Kouga com seu Pegasus RyuSei Ken! Uma grande explosão toma conta do novo santuário.

Após o fim do embate entre os dois ataques poderosos, Kouga está caído e ao levantar nota que todos os seus amigos sumiram… restando apenas ele e o cavaleiro de ouro.  Neste mesmo instante a primeira chama do Anel do tempo se extingue, acabando assim a primeira hora e o segundo episódio !

Kouga e seus amigos foram separados por Harbinger, o combate de Kouga com o cavaleiro de ouro continua. Ryuhou vai atrás de marte sozinho, subindo as 12 casas. E o que ele vê pela frente é a terceira casa, a casa de gêmeos. Mas essa era uma armadilha da amazona de ouro de gêmeos para atrais o jovem dragão. Próximo episódio de Saint Seiya Omega: A divisão do destino! O Mistério da casa de Gêmeos! Você já sentiu o cosmo?”

Anúncios

Sobre @TerraDeMordor

Físico nuclear, desenvolvedor do T-vírus, ex-SOLDIER da Shinra, seguidor de Odin apesar de tudo isso sou blogueiro! (:

Publicado em 29 de outubro de 2012, em Anime, Review e marcado como , , , , , . Adicione o link aos favoritos. Deixe um comentário.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: